quinta-feira, 16 de junho de 2016

[Aleatórios] Dicas de Conservação de Livros

Olá, queridos e queridas!
Notaram meu sumiço do domingo? Espero que sim! Hahaha. Infelizmente não consegui publicar a postagem, e o motivo é um dos mais temidos dentre nós, bibliófilos: infestação de insetos na estante.
Imaginem o meu desespero ao notar durante a limpeza quinzenal que alguns dos meus livros estavam com traça! O desespero vocês podem imaginar, e o final de semana foi de completa faxina em todos os 350 exemplares.
Pensando nisso e com base na minha experiência, trouxe um post recheado de informações pra vocês.
Vem comigo que eu te conto! ;)
Algumas dessas dicas muitos de vocês já sabem, e muitas nós praticamos há anos, talvez até sem o conhecimento, apenas pelo bom e velho bom senso mesmo. Mas, outras, podem ser extremamente úteis! Afinal, a medida em que a coleção aumenta, nos preocupamos mais e mais com a conservação dos nossos amados livros, e são tantas informações desencontradas que fica difícil saber o que fazer - e no que confiar.
Fiz algumas pesquisas não só pela internet, como também na biblioteca da minha faculdade, e tive a chance de tirar várias dúvidas.
Sem mais delongas, vamos as dicas!



1 - Limpeza
A principal arma contra insetos, fungos e estragos em geral aos nossos livros é a limpeza. Periodicamente, os livros devem ser limpos e folheados, para que as folhas respirem, e possamos observar se existem insetos entre as páginas. Nada é melhor que uma flanela seca nesse caso, mas há alguns casos em que só isso não resolve, e a pergunta de um milhão de dólares é: o que fazer? Produtos como água sanitária e adstringentes são totalmente contra indicados, porque acidificam o papel e causam danos irreversíveis. O que é mais importante lembrar é que nem todos os livros são iguais e nem todos os materiais servem para todos!

- Capas
Na minha coleção tenho livros com capas plastificadas, de couro, de capa dura, de papel simples... São materiais muito variados! O que eu faço, seguindo as recomendações das bibliotecárias da faculdade: 
* Nos livros com capas simples de papel, nada além de uma flanela seca, sem nenhum produto. No caso de manchas, utilizo uma borracha branca que deixo separada só para livros.
Nos livros com capas plastificadas, utilizo uma flanela úmida, mais seca que molhada, conforme elas me indicaram. Quando há muitas manchas, utilizo - por minha conta e risco - uma solução de 30% de água + 70% de álcool (o álcool 70% glicerinado) ou álcool em gel puro, levemente espalhado no tecido.
* Nos livros com capas de couro, por minha conta e risco, utilizo primeiro uma flanela seca, e em seguida uma quantidade mínima de hidrante corporal de pH básico (normalmente indicado para bebês), para que o couro não se torne quebradiço.
* É importe deixar o livro ventilar bem após cada limpeza.

- Miolo
* O ideal é passar um pincel de cerdas sintéticas na parte superior, lateral e inferior do livro, assim como na folha de rosto, contra capa e página final - por experiência própria, sei que são nesses lugares que a poeira se concentra mais. Os livros também devem ser folheados para oxigenação das páginas - e também para que possamos observar a integridade do interior. Em coleções menores, o ideal é fazer em todos os livros sempre que possível; em coleções maiores, o ideal é um sistema de escalas (uma prateleira por semana, por exemplo), para que o leitor consiga limpar todos os livros.

Não uso as luvas, mas meu pincel é bem parecido!


2 - Armazenamento
O armazenamento é essencial para a preservação dos livros. Quanto mais adequado o espaço, menos chance de danos existem, e menos manutenções são necessárias. É mais importante saber o que não fazer, e aqui estão algumas dicas:
Não se deve colocar livros em sacos plásticos (a menos que sejam manuseados quase que diariamente);
Não se deve plastificar as capas, ou utilizar qualquer tipo de cola ou fita adesiva (todas essas substâncias acidificam o papel, causando manchas e danos muitas vezes irreparáveis);
Não se deve utilizar quaisquer tipo de marcadores de páginas que não sejam de papel, especialmente os metalizados (podem ser lindos, mas só servem mesmo para uma foto no instagram)
Os livros não devem permanecer em ambiente úmido, com oscilações de umidade ou com luz solar direta (que podem causar mofo e manchas);
Estantes de metal com aberturas frontais e laterais são as ideais para o armazenamento de livros; embora não sejam esteticamente atraentes. Em estantes de madeira, o cuidado na armazenagem também deve incluir os cuidados com a estante em si, inclusive com a pintura utilizada e o tipo de madeira. Não são indicadas estantes de madeira com portas de vidro que impeçam a passagem do ar;
Entre cada livro deve haver espaço suficiente para que o leitor consiga retirar o exemplar sem esforço;
Livros com encadernação de couro não devem ficar capa a capa com outros tipos de encadernação;
* Observe que todos os livros devem ficar retos e não inclinados na estante, para que não sejam danificados; nunca coloque livros na horizontal.

3 - Ambiente
O ambiente ideal é dificilmente alcançado, especialmente para aqueles leitores que não possuem uma área da casa reservada para a armazenagem de livros - a tão sonhada biblioteca. A estante deve ficar protegida de umidade (observe se a parede não tem infiltrações) e longe da luz solar direta. O cômodo não deve ser totalmente abafado, mas deve ficar o mais longe possível da poeira. Para quem possui ar condicionado, é importante observar que livros com umidade em temperas baixas podem ser danificados, dando aquela aparência pavorosa que às vezes, nos deparamos nos sebos:

Aii, que dor no coração! =/

4 - Conservação
Os livros, além de não ficaram muito próximos, também precisam de um espaço para que o ar circule. O ideal é que haja um espaço tanto na frente quanto atrás.
Além de limpos e folheados, é importante uma "vistoria" constante para que não haja infestação de parasitas, como o piolho de livros, cupins e traças. A limpeza da estante deve ser feita religiosamente, sem produtos que possam danificar os livros. Pessoalmente, eu só utilizo álcool em gel e sempre espero um tempo para a secagem completa antes de retornar os livros para a estante.
O transporte de livros (para aqueles leitores que, como eu, sempre carregam livros para todos os lugares) deve ser feito com extremo cuidado. Nunca se deve transportar o livro sem nenhuma proteção! Uma capa simples de papel offset pode ser feita em casa mesmo, com uso de cola livre de ácido (usadas para scrapbook), e preferencialmente dentro de uma bolsa de tecido (como uma eco bag, por exemplo). Especialmente em bolsas e mochilas, onde várias coisas são armazenadas juntas (de maquiagem e produtos de higiene pessoal a marmita com o almoço), o porta livro de tecido ajuda a proteger o papel frágil do livro.
Alguns livros podem adquirir mal cheiro, normalmente causados pelo mofo. Nesse caso, deve-se folhear o livro calmamente e deixá-lo em local seco e bem arejado por algumas horas.



5 - Manuseio
Algumas regras são extremamente importantes, durante o manuseio, e influenciam diretamente na conservação dos exemplares:
* Nunca puxar o livro da estante pela lombada ou parte superior;
* Nunca abrir o livro mais do que 45 a 70 graus;
* Sempre manusear os livros com as mãos limpas e secas;
* Nunca apoiar o livro em superfícies que não tenham sido previamente limpas;
* Para as meninas, evitar ao máximo o uso de esmaltes escuros, que tem o péssimo hábito de deixar riscos indesejáveis nas páginas; caso tenha acontecido, pode ser usada uma borracha branca para tentar minimizar o estrago. Para as que não abrem mão daquele vermelho divo, a solução é o uso de luvas de tecido;
* Ao adquirir um exemplar no sebo, sempre faça a limpeza antes de colocar o livro na estante, para não correr o risco de transferir parasitas para os outros exemplares;
* Livros não devem ser expostos a comida, que podem deixar partículas entre as páginas e facilitar a infestação de insetos. Caso você, assim como eu, adore petiscos durante a leitura, faça uma limpeza completa do livro, passando o pincel de cerdas sintéticas em todo o miolo, parte inferior, superior e laterais.
* Nunca faça dobras para marcar a página (o que na minha opinião é um crime que deveria ser punido com banimento vitalício para a Sibéria). Sempre utilize um marcador, que deve obrigatoriamente ser de papel e ter todos os cuidados com limpeza e armazenagem, assim como os livros.
* Nunca apoiar nada sobre os livros, especialmente de peso excessivo ou líquidos.
* Nunca utilize saliva para virar as páginas, além de anti-higiênico, a saliva é ácida e causa manchas nas páginas.

Forma correta de retirar o livro da prateleira


E por hoje é isso, pessoal! Fico feliz em dizer que depois de uma faxina completa na estante e em todos os livros, todos os meus amados exemplares estão em ótima saúde e prontos para durar por muitos e muitos anos! Com certeza, foi uma lição aprendida: minha coleção tem que ser limpa mais frequentemente. A partir de agora, nada de esperar duas semanas para cuidar da limpeza! Optei por um sistema de escala, com a limpeza de uma prateleira por semana. Espero que nunca mais eu passe por isso! Hahaha.
E vocês, conhecem alguma dica para cuidar dos nossos queridos? Compartilhem nos comentários!
Bjos & Até a Próxima ;)


Nunca senti tanta inveja da Matilda! 
HAHAHAHA


p.s¹: Algumas bibliotecas particulares para aquecer seu coração de leitor nessa quarta-feira:



 


 



p.s²: Posts Recomendados: